COMUNICAÇÃO INTEGRADA

Integrando a comunicação do seu negócio

Ver Mais
Zentocom | Integrando a comunicação do seu negócio

Notícias

As principais notícias e informações.

Cursos de Engenharia da Unisinos passam por reformulação

As Engenharias da Unisinos estão sendo reformuladas através de aprimoramentos no currículo, nos métodos de ensino e também na gestão dos cursos, tendo como principal objetivo incentivar o protagonismo do aluno durante toda a graduação. O espaço físico que vai abrigar o novo conceito fica na Escola Politécnica, no Campus São Leopoldo, conta com subsídios pedagógicos para os alunos e professores desenvolverem suas competências de forma colaborativa. O projeto iniciou em 2019, tendo um prazo total de oito anos, e faz parte do Programa Brasil-Estados Unidos de Modernização da Educação Superior na Graduação (PGM-EUA), além de ser fruto de uma parceria entre a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES e a Comissão Fulbright.

O primeiro grande movimento de modernização de ensino partiu da própria universidade, com o lançamento da Graduação PRO, conforme explica a coordenadora dos cursos de Graduação em Engenharia de Materiais e Engenharia Biomédica, Tatiana Rocha. “Dentro da Unisinos, nós já viemos discutindo isso há algum tempo. Tanto que a base desse projeto é a própria Graduação PRO, modelo lançado ainda em 2018. Mais uma vez, a ideia está centrada no aluno, onde ele é o agente ativo. O professor é o facilitador, um mentor”, reforça Tatiana.

Dentro do novo modelo, os cursos de Engenharia vão fornecer aos estudantes as certificações progressivas, conquistadas ao longo da graduação e que devem facilitar o ingresso dos alunos no mercado de trabalho antes da formatura, comprovando que os mesmos possuem competências específicas em determinadas áreas. A grade curricular também foi repensada para girar em torno da trajetória do estudante e do profissional do futuro, onde é possível personalizar a jornada durante o curso de acordo com interesses individuais, moldando competências pessoais e profissionais através de experiências práticas da carreira escolhida. Tudo isso contando com a mentoria de um professor que, durante toda a graduação, vai acompanhar o aluno, servindo como um conselheiro desde o momento da matrícula até a tomada de decisões profissionais e acadêmicas.

Para Jeferson Patzlaff, coordenador do curso de Graduação em Engenharia Civil, o aprimoramento do currículo facilita o ingresso dos alunos no mercado de trabalho e cria uma rede de parcerias entre a universidade e o setor produtivo. “O perfil do nosso aluno é o que estuda e trabalha ao mesmo tempo, muitos na própria área de formação. O mercado como um todo tem grandes demandas e nós temos uma possibilidade imensa de poder contribuir a partir de soluções e propostas que nascem na sala de aula. A ideia é que universidade possa fomentar cada vez mais esse intercâmbio”, destaca Jeferson.

O currículo projeta cinco áreas de desenvolvimento, chamadas de Trilhas de Formação. No último ano do curso, o aluno poderá escolher uma das trilhas para especialização: Empreendedorismo, Inovação Social, Internacionalização, Mestrado e Específica do Curso. É justamente em uma dessas trilhas que se encontra um dos pontos mais importantes do projeto de reformulação das Engenharias. Na Trilha Internacionalização, a Unisinos firmou parcerias com instituições estadunidenses, possibilitando a participação dos alunos em eventos e a importação e exportação de conhecimentos através do intercâmbio entre os dois países. Muito mais do que uma vivência no exterior, o objetivo é trabalhar a interação com outras culturas, fomentando uma consciência globalizada em redes de ensino, pesquisa, estágio e aprendizado de línguas estrangeiras, desenvolvendo competências essenciais para o profissional do futuro.

Saiba mais sobre os cursos de Engenharia da Unisinos em unisinos.br/graduacao

Fonte: Assessoria de Imprensa

Veja nossa apresentação comercial

Clique Aqui